INTRODUÇÃO A QUÍMICA

MUDANÇAS DE ESTADO FÍSICO

 

Os gases são sensíveis às variações de pressão e de temperatura, sendo especialmente sensíveis a pressão; enquanto que, sólidos tem a temperatura como maior fator de transformação, com a pressão tendo efeito pequeno. Os líquidos sofrem efeitos tanto da pressão quanto da temperatura.

 

Fusão

 

É a passagem do estado sólido para o estado líquido. Ocorre quando aumentamos a temperatura do sólido, fazendo com que suas partículas vibrem mais. Como cada substância tem uma arrumação interna única, a temperatura em que um sólido passa para líquido é característica de cada substância. A essa temperatura chamamos Ponto de Fusão.

 

Vaporização

 

É a passagem do estado líquido para o estado gasoso. O vapor e o gás são ambos do estado gasoso, mas damos o nome de vapor para as substâncias que se encontram em estado físico, porém são líquidos à condição ambiente normal, como a água. A vaporização é um termo geral, sendo separada em três formas de vaporização:

 

- Evaporação: é a passagem lenta e espontânea de um líquido a vapor. Ela ocorre pela movimentação natural das partículas do líquido, que faz com que, muito lentamente, partículas passem ao estado gasoso espontaneamente. Um exemplo é a poça d’água que, mesmo precisando de aquecimento para ir a vapor, acaba secando após algumas horas. O calor do Sol acelera a secagem da poça, assim como o vento.

 

- Ebulição: é a passagem de um líquido a vapor através de aquecimento. Tem como características a formação de bolhas produzidas pelo vapor do líquido. A arrumação interna de cada líquido também é única, sendo característica de cada um. Isso permite com que a temperatura em que ocorre a ebulição seja um dos identificadores desse líquido, sendo chamado de Ponto de Ebulição. Uma chaleira com água fervendo tem água em ebulição e essa temperatura, a nível do mar, tem valor de 100ºC.

 

- Calefação: é a passagem, quase instantânea, de líquido a vapor. Acontece de forma brusca quando um líquido atinge, ou é atingido, por um material muito mais quente que sua Temperatura de Ebulição e costuma ser acompanhado por um barulho característico. Como exemplos temos gotas de água sobre uma frigideira quente, ou esta frigideira quente sobre uma superfície molhada.

 

Solidificação

 

É a passagem do estado líquido para o sólido. Quando se resfria um corpo, suas moléculas vibram menos. A uma determinada temperatura, as substâncias líquidas transformam-se em sólidas porque a força de coesão aumenta e a agitação molecular diminui. Essa temperatura, o ponto de solidificação, é igual à temperatura do ponto de fusão dessa mesma substância.

 

Condensação

 

Também chamada de liquefação, é a passagem do estado gasoso para o estado líquido. Ocorre tanto pelo aumento da pressão quanto pela diminuição da temperatura, fazendo com que as partículas estejam mais próximas umas das outras. Quando o vapor de água encosta numa superfície mais fria, como a tampa da panela, ele acaba por condensar e formar gotículas de água líquida.

 

Sublimação

   
É a passagem direta do estado sólido para o gasoso. Não são muitas substâncias que podem realizar essa transformação, as mais comuns são a naftalina e o gelo seco.

 

Ressublimação

 

É a passagem direta do estado gasoso para o sólido, de maneira inversa a sublimação - por vezes o termo sublimação é aplicado às transformações nos dois sentidos. Algumas substâncias podem ser ressublimadas, como o gás carbônico, que dá origem ao gelo seco; e o iodo para laboratório que é comercializado como “iodo ressublimado”.

 

 

 

 

 

 

Veja também